Curso de Formação em Fitoaromatologia

As pessoas interessadas em aprender as bases científicas da Terapia com Óleos Essenciais agora contam com um curso que abrange desde o estudo científico e químico dos óleos essenciais até seu efeito bioquímico no corpo, forma de uso, aplicação no tratamento de doenças, efeito psicológico, etc.

Diferente do que a maioria pensa, óleos essenciais não agem só como "cheirinhos", mas são princípios ativos altamente concentrados capazes de atuar como poderosos antibióticos, sedativos, imunoestimulantes e anti-cancerígenos - daí a necessidade de um estudo mais aprofundado através de um curso.

Outro destaque e diferencial do curso é o estudo dos QUIMIOTIPOS dos OE. De acordo com o país de origem, devido a clima, altitude e ph do solo, os OE podem mudar muito sua composição química, alterando completamente sua aplicação terapêutica. Isso cria a necessidade de um estudo mais aprofundado destas variações para um resultado mais eficaz no tratamento. Por exemplo: plantas como o alecrim Rosmarinus officinalis, que possuem 5 quimiotipos, apresentam óleos altamente estimulantes do Sistema Nervoso Central e alguns sedativos. Se usado sem este critério de avaliação química, óleos com indicações e princípios ativos trocados podem até comprometer um tratamento. Então não dá para usar só pelo nome, é necessário o estudo da química do óleo.

No curso se aprende sobre o uso interno e externo dos óleos essenciais baseado no sistema francês, inglês e indiano de aromaterapia. Além disso, todo material do curso é embasado em pesquisas de Universidades e utilização prática de mais de 10 anos por parte do professor. Tem sido um sucesso em todo o país. O motivo é a abordagem terapêutica validada por critérios científicos. O objetivo do curso é justamente a formação de novos profissionais da área. Assim, o aluno adquire condições de aplicar de maneira prática e eficiente os óleos essenciais dentro de sua especialidade terapêutica ou, caso ainda não tenha uma, atuar como Aromatologista além de poder usufruir dos benefícios dos óleos essenciais em casa com seus familiares, amigos, etc..

O curso é aberto a todos os interessados que já tenham 2º grau concluído. Não é obrigatório conhecimento prévio do assunto, assim como estar atuando dentro de áreas afins. Contam-se com 2 módulos totais, sendo que o módulo I dá toda a base inicial para a utilização dos óleos essenciais no tratamento de doenças. O módulo seguinte complementa o aprendizado e seria como uma "pós-graduação" na área da Aromaterapia - Aromatologia.  

Currículo dos professores

  Fábián László Flégner é descendente de húngaros, nascido no Brasil em 1977, se especializou na área de Terapias Holísticas através de um variado número de cursos como Homeopatia (pela Faculdade Federal de Viçosa), Terapia Ortomolecular (parte do curso da Faculdade Newton Paiva), Cinesiologia, Bioeletrofotografia (Kirlian), Terapia Floral, Aromaterapia entre outros. É professor do SENAC há 9 anos dos cursos de Reiki, Aromaterapia e Cromaterapia. Possui um trabalho de pesquisa e ensino da Terapia com óleos essenciais reconhecido em todo o Brasil. Faz parte do conselho de ética de Aromaterapia do SINTE/BA. Já ministrou cursos de Aromatologia através de instituições como o SEBRAE, SESC, ACESITA, UFSE e UFBA (no curso de extensão universitária da Universidade Federal da Bahia). Participou como co-editor do Jornal Holístico Filhos do Sol durante 4 anos, foi sócio fundador do Instituto de Metafísica e Ciências Avançadas. É presidente da empresa 'Merit' a qual possui no mercado como nome fantasia as marcas de óleos essenciais e cosméticos "Aromalândia" e "Laszlo".  

Alessandro Luiz Freire é pesquisador científico, técnico em acupuntura, fitoterapeuta, estuda e aplica plantas bioativas (fitoterapia) desde 1997, pouco após iniciar seus estudos em metafísica. Tem também formação como Terapeuta Integral sob registro de nº 007 na ACATI (Associação Catarinense do Terapeuta Integral), REIKI (Mestrado), Florais, Massagem (diversas técnicas). É coordenador geral da equipe multidisciplinar Harmônica Medicinas Integradas.  

Fitoaromatologia - Curso de terapia através do uso de Óleos Essenciais

  Módulo I - Carga horária aproximada de 40 horas de aula. Conteúdo programático:
     

    História da Fitoterapia, Introdução à Aromaterapia e aos Óleos Essenciais (Aromatologia, aromacologia, etc..)

  1. História da relação entre o homem e as plantas. Como surgiu a fitoterapia, agronomia, medicina, química, farmácia.  
  2. Introdução e Histórico: Descoberta da arte da destilação e os primeiros óleos produzidos; Óleos essenciais no antigo Egito, na Índia e China; Redescoberta atual: Margaret Maury, Jean Valnet, Maurice René de Gattefossé; Primeiras pesquisas e usos iniciais dos óleos; Aromaterapia Francesa, Inglesa e Indiana.  
  3. O futuro da aromaterapia no mundo: A aromaterapia abarcada pelas grandes empresas farmacêuticas.               
  4. Onde são encontrados os óleos essenciais e suas funções. Porque as plantas produzem óleos essenciais; Fatores de stress interferindo na produção de óleo nas plantas; Células produtoras nas folhas, raízes, tronco, flores e caule; Análise com o uso de microscópio.  
  5. Métodos de extração. Destilação a vapor, Hidrodestilação, Turbodestilação e Hidrodifusão, CO2 hipercrítico, Fitóis e Florasóis, Enfleurage, Solventes (Absoluto e concreto), Prensagem a frio e a quente.          
  6. Produtos naturais e sintéticos. Diferenças entre produtos naturais e sintéticos; Cromatografia e métodos de análise; Rotulagem do vidro e fatores indispensáveis à correta identificação da planta; Conservação e envasamento correto.     
  7. Definição de qualidade. Qualidade do solo; Certificado de organicidade; Horário da colheita e época do ano (estações) interferindo na composição química do óleo; Método de destilação empregado e alteração na composição química do óleo; Autenticidade do óleo.   
  8. Formas de uso. Inalação, Massagem, Compressas, Uso oral, Escalda pés, Banhos, etc.  
  9. Vias de ação. Via fisiológica, psicológica e energética.  

    Estudo Químico e Segurança no Emprego de Óleos Essenciais

     
  10. Composição química dos óleos essenciais. Variedade de componentes, importância do seu estudo, isômeros.  
  11. Classe de compostos encontrados nos óleos essenciais. Descrição e estudo dos principais componentes químicos encontrados nos óleos essenciais: Sua importância, propriedades terapêuticas, contra-indicações, cheiro, forma de identificação, teor mínimo necessário em seus  principais óleos essenciais, toxicologia, função, etc.

    Hidrocarbonetos. Terpenos (Canfeno, Careno, Cimeno, Limoneno, Mirceno, Ocimeno, Felandreno, Pineno, Sabineno, Terpineno, etc.)  

    Compostos com oxigênio

    Álcoois (Bisabolol, Borneol, Citronelol, Farnesol, Geraniol, Linalol, Mentol, Pachulol, Santalol, Terpinen-4-ol, etc), Aldeídos (Cinamaldeído, Citral, Citronelal, Cuminaldeído, Geranial, Mirtenal, Neral, Valeranal, Anisaldeído, etc), Cetonas (Cânfora, Carvona, Fenchona, Jasmona, Mentona, Piperitona, Pulegona, Tagetona, Tuiona, Verbenona, etc), Ésteres (Angelato butílico, Acetato citronelílico, Acetato geranílico, Acetato lavandulílico, Acetato linalílico, etc), Fenóis (Carvacrol, Cavibetol, Cavicol, Cresol, Eugenol, Iso-Eugenol, Guaiacol, Timol, etc), Éteres e óxidos (Anetol, Estragol, Metil-eugenol, Miristicina, Safrol, Cineol, Óxido de rosa, Óxido de esclareol, etc), Peróxidos (Ascaridol, etc), Furanos (Ligustilido, mentofurano, dihidrobenzofurano, fitalido butílico, fitalido butilidino. etc), Lactonas (Alantolactona, Ambretolida, Bergapteno, Costonolida, Costolactona, Cumarina, Xantotoxina, etc), Ácidos (Ácido anísico, Ácido benzóico, Ácido cinâmico, Ácido citronélico, Ácido fenilacético, Ácido valerênico, etc).

    Outros componentes. Compostos com enxofre (Isotiocianeto alílico, Sulfeto alilmetílico, Disulfeto dialilílico, Trisulfeto dialílico, etc). Compostos com nitrogênio.  

  12. Toxicidade. Toxicidade aguda e crônica; DL50% oral e dermal (dose letal); Dose máxima tolerada (DMT); Tipos de reações: Fototoxidade, alergias, irritação.       
  13. Metabolismo, vias de absorção e bioviabilidade de uso. Rotas de absorção (oral, dermal, nasal, etc); Tempo médio de absorção; Aproveitamento e Metabolismo; Tempo de eliminação e suas rotas; óleos absorvidos e não pela pele; Melhores vias para cada óleo e componente químico.   
  14. Contraindicações. Gravidez, Problemas no fígado, sistema nervoso, pressão arterial, hemofilia, glaucoma, problema hormonais, Hiperplasia prostática, glaucoma, etc; Desmentindo conceitos errados de toxicologia; Efeitos psicotrópicos; Exageros e fatos.  
  15. Primeiros-socorros. Como proceder em caso de intoxicação; tipos de intoxicação; Níveis; Redução de riscos.  

    Óleos Essenciais: Propriedades terapêuticas e principais indicações

  16. Introdução ao estudo dos óleos essenciais deste Módulo. Sinergia; Variações químicas naturais, Quimiotipos (QT), princípios ativos, Procedência do produto. Para cada óleo: Família; Sinônimos (nomes científicos e populares - português, inglês e de países de origem); Comentários iniciais sobre história, descrição e características; Uso terapêutico; Aromacologia (uso psicológico); Parte utilizada e método de extração; Países produtores; Principais constituintes; Toxicidade e recomendações; DL50%; Comparação com outros óleos.    
  17. Ervas e folhas. Alecrim da horta (QT1 cânfora, QT2 cineol, QT3 verbenona, alecrim do campo (vassoura). Anis estrelado, Erva-doce, Funcho (Semelhanças químicas e de usos). Capins (Capim limão, Capim cidreira, Citronela, Palmarosa). Coníferas (Cipreste, Junípero (bagas e folhas), Pinheiro Sivestre e outros). Eucaliptos (Eucalipto glóbulos, citriodora, etc). Hortelãs (Hortelã Pimenta, Hortelã Crespo, Hortelã do Campo (cormint). Gerânio (Indiano, Chinês, Egípcio, Bourbon, etc). Lavandas (Spike, Estoeca, Fina, Angustifolia (Búlgara, Húngara, Indiana, Francesa), Lavandins, etc.. Pachouli (light e comum). Sálvia esclaréia (Teores em esclareol). Tea tree (Melaleucas). Tomilho (vermelho, branco, QT timol e comentário sobre o QT linalol, citral, etc.). Wintergreen ou Gaultéria (Nepal, Índia, China e EUA).   
  18. Madeiras e Resinas. Canelas (canela do Ceilão e Cássia (folhas e cascas). Cânfora (Cânfora branca, amarela e vermelha, Óleo de Ho (Ho wood e Ho leaf). Copaíba (Vermelha e branca (óleo e bálsamo). Cedros (Atlas e Himalaia). Sândalo (Indiano e Mysouri). Pau rosa (Variedades)  
  19. Raízes e Sementes. Cravo da Índia (Botões, folhas e galhos). Gengibre (CO2, Destilado a vapor (Cochin, Chinês, etc...). Vetiver (Indiano, Java, Haiti, outros)  
  20. Frutas. Bergamota (Indiana, Brasileira, Italiana, outras). Laranja (Doce e amarga (bigarade), Petitgrain, Néroli). Limão (casca e folha), petitgrain limão Tangerina (tangerinas e mandarinas, cascas e folhas).       
  21. Flores. Camomilas (Alemã (teores de camazuleno), Romana, Marroquina). Rosa (Centifolia, Damascena, Attar, Indiana, branca, etc). Ylang Ylang (Cananga, I, II, III, extra, completo, CO2, Indonésia, Madagascar e Índia).         
  22. Doenças e óleos essenciais empregados. Dosagens; forma de tratamento e indicações; Definição do óleo a ser empregado; Doenças dos sistemas nervoso, circulatório, endócrino (hormonal), esquelético e tegumentar (pele e músculos), digestivo, respiratório e reprodutivo, incluindo doenças bacterianas, fúngicas e viróticas como um todo.  

    Receitas (Estética, Cosmética e Alimentação)

     
  23. Formulações e preparados. Tipos de cremes (base de lanolina e parafina, cera de abelha, outros (anti-rugas, anti-acne, flacidez, etc); Gel de carbopol; Preparo de óleos de massagem e para banho; Sabonete de glicerina (preparo); Sabonete líquido e shampoo; Loções, perfumes e colônias; Outros.  

    Óleos Carreadores (Vegetais)

     
  24. O que são, formas de uso e diluições para massagem. Óleos carreadores, tipos, porcentagens de diluição, etc.  
  25. Óleos carreadores refinados, não-refinados, montados e adulterados. O problema da adulteração dos óleos carreadores hoje no mercado. Tipos de óleos, princípios ativos e variedades. O melhor é com ou sem refino? Óleos montados a partir de outros, exemplo do óleo de amêndoas e semente de uva.  
  26. Estudo de alguns carreadores. Babaçú (côco), semente de maracujá, amêndoas doces, neem, cupuaçu, semente de uva, semente de abóbora, prímula, perila, castanha do pará, andiroba, germen de trigo, gergelim, etc. De todos: propriedades, princípios ativos e indicações.  
  27. Finalização. Respondendo a dúvidas, Prova final (escrita), Avaliação e entrega de certificados.
 

Local

Associação Atená - Centro de Transformação Pessoal e Artística

Rua Elpídio da Rocha, 144 - Campeche (Florianópolis, SC)  

Data

Dias 8, 9, 14*, 15 e 16 de março de 2008, das 9:00 as 18:00h * Das 18:00 as 21:00h . Obs.: O local oferece hospedagem.  

Contato

Florianópolis (SC): Alessandro: Email  
tel: (48) 3237.3714 / 9992.9818 ou 32374231 (Atená)