Fuki

Nome científico: 
Petasites japonicus (Siebold & Zucc.) Maxim.
Família: 
Compositae
Sinonímia científica: 
Nardosmia japonica Sieb ex Sieb ex Zucco
Partes usadas: 
Folha, talo, pecíolo.
Constituintes (princípios ativos, nutrientes, etc.): 
Proteína, gordura, carboidrato, fibra, cinza, minerais (Ca, P, Fe, Mg, Na, K, Zn), vitaminas (A, B1, B2, B6, C), sesquiterpeno baquenolida (petatewalide B).
Propriedade terapêutica: 
Antiasmático, antiespasmódico, expectorante, anti-alérgico, anti-inflamatório e várias outras propriedades que requerem mais esclarecimentos.
Indicação terapêutica: 
Tosse crônica, problema pulmonar, dificuldade de respiração, asma, formação constante de escarro, tuberculose pulmonar, doenças alérgicas.

Nome em outros idiomas

  • Inglês: butterbur, Japanese sweet coltsfoot
  • Alemão: Japanische pestwurz

Origem
Nativa da Coréia, China e Japão, onde crescem em margens úmidas de áreas florestais.

Descrição [2,3]
Planta perene rizomatosa, cresce de 0,6 a 1,6 m em taxa rápida. Conhecida pelas enormes folhas basais que formam densos aglomerados. Haste longa, levemente dentada, em forma de rim, folhas verdes cobertas por penugem.

Flores perfumadas, branco-amareladas parecidas com margaridas em densos corimbos. Talos foliares (pecíolos) são comidos como vegetais (fuki) no Japão.

O nome do gênero vem do grego petasos que significa "chapéu com uma borda larga", referência às folhas grandes. As folhas foram supostamente usadas para embrulhar manteiga em clima quente, daí o nome comum em inglês butterbur.

Espécie dióica (as flores individuais são masculinas ou femininas, somente um sexo pode ser encontrado em um pé). Polinizada por insetos.

Uso popular e medicinal
Planta de relevância etnofarmacológica, P. japonicus é usada para tratar asma e doenças alérgicas nas medicinas tradicionais coreana, japonesa e chinesa.

Efeitos de diversos compostos das folhas deste vegetal já foram estudados. Em particular foram examinados in vivo e in vitro os efeitos anti-alérgico e anti-inflamatório de um novo composto denominado petatewalide B, do tipo sesquiterpeno baquenolida. Os autores concluiram que petatewalide B não só tem efeitos anti-alérgicos e anti-inflamatórios como também induz um aumento transitório do potencial de membrana em células C6 de glioma. Em humanos, o glioma é um tipo comum de tumor do sistema nervoso central (SNC) [1].

Para tratamento da tosse crônica, problema pulmonar, dificuldade de respiração, asma, formação constante de escarro e tuberculose pulmonar usam a decocção [2].

 Dedicado a Alfredo Votto (Hamamatsu, Shizuoka, Japan).

 Referências

  1. US National Library of Medicine: Petatewalide B, a novel compound from Petasites japonicus with anti-allergic activity - Acesso em 18 de agosto de 2019
  2. Plants for a Future: Petasites japonicus - Acesso em 18 de agosto de 2019
  3. Missouri Botanical Garden: Petasites japonicus - Acesso em 18 de agosto de 2019
  4. GoBotany: Petasites japonicus - Acesso em 18 de agosto de 2019
  5. Image: Courtesy of Henriette Kress - Henriette's Herbal Homepage - Acesso em 18 de agosto de 2019
  6. The Plant List: Petasites japonicus - Acesso em 18 de agosto de 2019

GOOGLE IMAGES de Petasites japonicus - Acesso em 18 de agosto de 2019