Flamboyant

Nome científico: 
Delonix regia (Hook.) Raf.
Sinonímia científica: 
Poinciana regia Hook.
Família: 
Leguminosae
Partes usadas: 
Folha.
Constituintes (princípios ativos, nutrientes, etc.): 
Flavonoides glicosideos (kaempferol-3 ramnosídeo, quercetina-3 ramnosídeo, kaempferol-3 glucosideo, kaempferol-3 rutinoside, kaempferol 3-neohesperidosideo, quercetina 3-rutinosideo, quercetina 3-glucosideo).
Propriedade terapêutica: 
Hepatoprotetora, antioxidante, citotóxico.
Indicação terapêutica: 
Tumor maligno do fígado.

Nome em outros idiomas

  • Inglês: royal poinciana, flamboyant, flame tree, flower display
  • Espanhol: árbol de fuego, flamboyán, malinche

Origem
Madagascar. 

Descrição [1,3]
D. regia é espécie florestal exótica oriunda de Madagascar e altamente adaptada às condições ambientais de clima tropical. Tem porte médio (10 a 12 m de altura),  as folhas são bipinadas, alternas, formadas por 10 a 25 pares de pinas opostas, com 12 a 40 pares de folíolos oblongos. A flor tem aproximadamente 13 cm de largura, com 5 pétalas vermelhas ou amarelas, disposta em cachos de até 25 cm de comprimento.

Fruto do tipo vagem, longo, duro, liso, ligeiramente curvado, deiscente, tem mais de 60 cm de comprimento por 6 cm de largura. Em seu seu interior acumula numerosas sementes alongadas, duras, que requerem escarificação para uma germinação mais uniforme. São ocasionalmente usadas como contas. 

A dispersão ocorre por meio de sementes, que apresentam dormência causada pela impermeabilidade do tegumento à água.

É uma das espécies mais apreciadas pela beleza, muito usada em paisagismo de parques e jardins, mas não se recomenda plantar em ruas.

Uso popular e medicinal [2]
Uma investigação fitoquímica aprofundada do extrato metanólico de folhas de D. regia identificou a presença de flavonoides glicosideos. O mesmo trabalho avaliou o efeito citotóxico do extrato contra linhagem de células HepG2 (carcinoma hepatocelular ou hepatocarcinoma, tumor maligno primário do fígado); e atividades hepatoprotetora e antioxidante.

Os autores concluem que o extrato possui não só um efeito anti-câncer significativo contra células HepG2, mas também eficaz atividade hepatoprotectora e antioxidante devido à presença do teor de flavonóides.

Os 7 flavonoides glicosideos identificados são kaempferol-3 ramnosídeo, quercetina-3 ramnosídeo (afzelina), kaempferol-3 glucosideo (astragalina), kaempferol-3 rutinoside, kaempferol 3-neohesperidosideo, quercetina 3-rutinosideo, quercetina 3-glucosideo.

 Colaboração

  • Frederico Pesciotto, São Paulo (SP), 2015.

 Referências

  1. University of Florida: Delonix regia - Acesso em 16 de agosto de 2015
  2. Medicinal Chemistry Research: Phytochemical, cytotoxic, hepatoprotective and antioxidant properties of Delonix regia leaves extract - Acesso em 16 de agosto de 2015 
  3. Revista Árvore (Universidade Federal de Viçosa, 2013): Superação da dormência das sementes de Delonix regia - Acesso em 16 de agosto de 2015
  4. The Plant List: Delonix regia - Acesso em 16 de agosto de 2015

GOOGLE IMAGES de Delonix regia - Acesso em 16 de agosto de 2015

Galeria: