Cinco alimentos que promovem a saúde bucal

Texto-base: 5 Surprising foods for healthy teeth [1]

Além da escovação e uso de fio dental, os alimentos que vão à boca desempenham um papel crucial na saúde bucal. Dentre as substâncias que danificam os dentes, o açúcar refinado contido em biscoitos, bolos, doces e refrigerantes é o principal culpado por alimentar bactérias que causam cárie.

No entanto, certos alimentos ajudam o corpo a equilíbrar e manter saudável o ambiente oral. 

1. Alho. Conhecido por suas propriedades antibacterianas, rico no composto alicina, o alho impede a atividade de uma ampla gama de bactérias que podem causar desequilíbrio na boca. Alho pode ser picado em um salteado ("stir-fries") ou consumido cru em saladas. Mas cuidado, há um inconveniente: é notório por causar mau hálito.

2. Cravo-da-índia. Há séculos esta erva é conhecida por suas propriedades antimicrobianas atribuídas aos altos teores de eugenol e ácido oleico. Cravo-da-índia serve como substituto do açúcar em bolos de especiaria e muffins.

3. Cúrcuma (açafrão-da-terra). Por muitos anos esta planta é consumida na forma de especiaria e considerada um remédio para problemas na boca. Atualmente sabe-se que sua atividade antimicrobiana deve-se ao seu componente ativo, a curcumina. No Brasil é conhecida por açafrão-da-terra. É excelente opção para deixar "amarelinho" e bonito os pratos com legumes, refogados e arroz. Tem boa aceitação por que não muda o sabor dos alimentos. Cúrcuma vai bem em um vitaminado matinal, basta adicionar 1 colher de sobremesa. 

4. Manteiga. A manteiga, quem diria, está de volta (e em grande forma)! Tida como ruim para o coração e artérias, sabe-se agora que é um dos alimentos mais ricos em nutrientes para os seres humanos. Embalada com vitaminas solúveis em gordura (A, D, E e K2), é rica também em cálcio e ácido linoleico, um reforço do sistema imunológico. A manteiga pode ser adicionada a qualquer refeição, com o cuidado de não aquecer muito para não queimar.

5. Chá-verde. Chá-verde tem longa história na medicina chinesa. Rico em epigalocatequina-galato (EGCG), de forte ação antioxidante, o chá-verde tem propriedade antibacteriana poderosa, baixa acidez e promove a remineralização do esmalte dentário. Um copo diário de chá-verde mantém os dentes fortes e saudáveis. Pode ser consumido em pó ou moído ("matcha tea") em iogurte ou vitaminado matinal.

 Referências

  1. VeryWel (2016): 5 Surprising foods for healthy teeth - Acesso em 20 de novembro de 2016
  2. PPMAC.org (2016): Açafrão-da-terra - Acesso em 20 de novembro de 2016
  3. PPMAC.org (2015): Alho - Acesso em 20 de novembro de 2016
  4. PPMAC.org (2016): Cravo-da-índia - Acesso em 20 de novembro de 2016
  5. PPMAC.org (2016): Chá-verde - Acesso em 20 de novembro de 2016