Carambola

Nome científico: 
Averrhoa carambola L.
Sinonímia científica: 
Sarcotheca philippica (Villar) Hallier f.
Família: 
Oxalidaceae
Partes usadas: 
Suco
Princípio ativo: 
Vitaminas (A, complexo B, C), minerais, taninos, ácido oxálico.
Propriedade terapêutica: 
Hemostática, antisséptica, tonificante, adstringente.
Indicação terapêutica: 
Osteoporose, hipertensão, menopausa, cansaço mental, anemia.

Nome em outros idiomas

  • Inglês: star fruit
  • Sânscrito (Índia): kurmurunga 

Origem
É nativa da Ásia tropical, talvez Índia ou China, países onde a população não consumia esta fruta exótica.

Descrição 
Dá-se o nome de carambola ao fruto e caramboleira à árvore.

O fruto encanta as pessoas bela beleza. Tem forma delicada com 5 gomos compridos de coloração que passa de verde quase translúcido até um amarelo gema brilhante.

Quando cortada ao meio em sentido transversal, apresenta o aspecto de estrela com 5 pontas perfeitas. Quando verde, o fruto é adstringente e amarra a boca. Quando maduro, é adocicado e bem ácido.

As suas pequenas e exuberantes flores apresentam pétalas em número de 4 a 5, de coloração violeta, bordadas de branco nas laterais, que antes da frutificação cobrem toda a árvore, exalando um perfume exótico.

Suas folhas são verdes brilhantes, muito sensíveis, bastando tocar levemente uma delas para que se fechem uma a uma. As crianças se divertem tocando-as e fazendo-as fechar. À noite, sem que ninguém as toque, elas se fecham como se dissessem: "estou com sono, chegou a hora de dormir”. Talvez essa característica seja para se proteger de agressões externas.

Por séculos foi considerada árvore ornamental, chegando até 7m de altura. Somente em 1818 foi introduzida no Brasil pelo agrônomo francês Paul Germain, que a levou ao Nordeste, especificamente Pernambuco. Dizem que foi lá que o povo começou a comê-la, considerando-a como fruta.

Mais tarde foram feitas análises químicas que comprovaram sua riqueza em minerais, vitaminas, taninos e ácido oxálico. Daí foi um passo para se espalhar por todo o litoral brasileiro, sendo transformada pela indústria alimentícia em geléias, compotas, xaropes, conservas, picles, vinhos e sucos.

Uso popular e medicinal 
Na medicina alternativa o suco é utilizado como fonte de muitos nutrientes, sendo recomendado para amenizar disenterias, diarréias e febres. Isso porque a fruta contém tanino, que possui propriedades hemostáticas, antissépticas e tonificantes. É muito utilizada como antidiarreico por suas propriedades adstringentes. Os taninos são excelentes inibidores enzimáticos e atuam como antienvenenamento por determinados alcaloides.

Ela é rica em vitaminas: A, ótima contra infecções, protetora da pele e da visão; vitaminas do complexo B, time da energia, que extrai combustível dos carboidratos, das proteínas e das gorduras dos alimentos; vitamina C, fundamental para a manutenção da saúde, prevenção de resfriados, pressão alta e câncer.

A carambola possui minerais como o cálcio, vital para outras funções de nosso organismo, além de fortalecer os ossos, prevenindo a osteoporose. Como combate a hipertensão, os cardiologistas são fascinados pela relação que o cálcio tem com a pressão. Contém ferro, importante para crianças e mulheres que chegam à menopausa e idosos, que têm maiores tendências a apresentar deficiência de ferro, mineral essencial para a hemoglobina e para combater e prevenir a anemia.

A fruta contém fósforo, que controla o cansaço mental e neurônios e também cálcio, que previne contra as doenças da gengiva, que é a causa principal da perda de dentes em adultos. O cálcio impede a mandíbula de encolher, fornecendo mais força para os dentes. Alivia as dores ósseas, cãibras musculares e problemas menstruais.

Devido a presença do ácido oxálico, o suco da carambola pode ser esfregado na pele para diminuir a coloração de manchas senis.

Trata-se portanto de uma árvore ornamental e frutífera com grande quantidade de nutrientes. Não deixe de consumi-la periodicamente, para fortalecer seu organismo e sistema imunológico.

A quantidade de calorias em 100 g de carambola é de apenas 29 calorias.

 Colaboração

  • Lelington Lobo Franco, escritor, pesquisador, químico-fitologista (Curitiba, PR).

 Referências

  • FRANCO, L. L. As Incríveis 50 Frutas com Poderes Medicinais.
  • Sociedade Brasileira de Fruticultura: Carambola - Acesso em 20 de setembro de 2015
  • Brasil Escola: Carambola - Acesso em 20 de setembro de 2015
  • The Plant List: Averrhoa carambola - Acesso em 20 de setembro de 2015

GOOGLE IMAGES de Averrhoa carambola - Acesso em 20 de setembro de 2015

Galeria: