Caraguatá

Nome científico: 
Bromelia antiacantha Bertol.
Sinonímia científica: 
Agallostachys commeliniana (de Vriese) Beer
Família: 
Bromeliaceae
Partes usadas: 
Fruto, folha.
Constituintes (princípios ativos, nutrientes, etc.): 
Flavonoides, taninos, saponinas, flavonas, ácidos hidroxicinâmicos.
Propriedade terapêutica: 
Expectorante, emoliente, anti-helmíntica, antitussígena, purgativo, diurético, vermífugo, abortivo.
Indicação terapêutica: 
Asma, bronquite, tosse, afecções da mucosa bucal, cálculo renal.

Origem
Nativa do Brasil e Uruguai.

Descrição [1,3]
Planta herbácea, terrestre, atinge até 2 m de altura, tem caule curto e grosso, emite estolhos também grossos. Ápice folioso e o restante escamado. Folhas numerosas, acuminadas, inteiras, com bordas providas de espinhos rijos (margem espinescente). Filotaxia: alterna, espiralada.

Flores com pétalas alvas e sépalas roxas. Fruto do tipo baga, grande, oval. Polpa comestível de coloração amarelada, ácida. A frutificação ocorre quase o ano todo.

A propagação é vegetativa ou por semente. A espécie é ornitófila (poninizada por aves).

Uso popular e medicinal [1,2]
Na medicina popular caraguatá é descrito como anti-helmíntica e antitussígena. É muito comum encontrar nas feiras livres do Brasil o famoso "xarope de caraguatá".

Os frutos são ácidos, purgativos, diuréticos, vermífugos e até abortivos. O sumo tem efeito sobre tecidos decompostos, deixando feridas completamente limpas.

No sul do Brasil, comunidades primitivas ferviam os frutos para tratar a tosse e usavam como emoliente (suaviza, amacia ou tornar a pele mais flexível), tradição que continuou com os colonizadores europeus. Recomenda-se utilizá-los na forma de xarope para os problemas respiratórios, enquanto que as folhas são usadas na forma de chá para bochechos e tratamento de afecções da mucosa bucal ou macerada como antitérmica e anti-helmíntica.

Os frutos são ingeridos tanto in natura ou preparado como remédio contra a tosse, tendo ação expectorante nas infecções respiratórias, recomendados para o tratamento de asma e bronquite.

O xarope extraído também é usado no tratamento de cálculos renais.  

Um trabalho recente (2012) avaliou as atividades antifúngica, antibacteriana, citotóxica, moluscicida e antioxidante de extratos alcoólicos das folhas e frutos de B. antiacantha. Os autores concluiram que a atividade citotóxica frente a A. salina (pequeno crustáceo marinho), embora considerada moderada, foi a que se mostrou mais pronunciada nos experimentos realizados. Ensaios fitoquímicos realizados com os extratos brutos no intuito de verificar a presença de flavonoides, taninos e saponinas, confirmaram a presença dessas substâncias [2].

Foi relatada a presença de derivados de flavonas e de ácidos hidroxicinâmicos nos frutos desta espécie. Desta forma, a atividade antioxidante observada para os extratos avaliados pode ser atribuída a presença de compostos fenólicos, cuja ação antioxidante é conhecida na literatura. E a atividade citotóxica pode estar eventualmente relacionada à presença de saponinas, segundo os mesmos autores.

Outros usos[ 2]
Apresenta características alimentícias, ornamentais e industriais. Costuma-se usar como cerca viva e extrair fibras dos frutos maduros para fazer sabão. Os cachos são utilizados em arranjos decorativos em festas e celebrações. Das folhas são extraídas fibras para cordoaria.

 Referências

  1. Biodiversidade Brasileira (2012): Bromelia antiacantha, caracterização demográfica e potencial de manejo no planalto norte catarinense - Acesso em 8 de novembro de 2015
  2. Revista Brasileira de Plantas Medicinais (2010): Avaliação das atividades antimicrobiana, citotóxica, moluscicida e antioxidante de Bromelia antiacantha - Acesso em 8 de novembro de 2015
  3. SILVA, S.; TASSARA, H. Frutas Brasil. Empresa das Artes, São Paulo (SP), 2005.
  4. Imagem: Flora Digital (Autor: Djeison Fernando de Souza) - Acesso em 8 de novembro de 2015
  5. The Plant List: Bromelia antiacantha - Acesso em 8 de novembro de 2015

GOOGLE IMAGES de Bromelia antiacantha - Acesso em 8 de novembro de 2015

Galeria: