Anis-estrelado

Nome científico: 
Illicium verum Hook.f.
Sinonímia científica: 
Illicium san-ki Perr.
Família: 
Schisandraceae
Partes usadas: 
Frutos com suas sementes.
Constituintes (princípios ativos, nutrientes, etc.): 
Os frutos secos podem conter de 5 a 8% de óleo essencial dominado por anetol (85 a 90%), methylchavicol, felandreno, linalol, safrol, terpineol, traços de 1,4 cineol
Propriedade terapêutica: 
Expectorante, antiflatulento, antibacteriano, aperiente, carminativo, expectorante, estimulante.
Indicação terapêutica: 
Eliminação de gases estomacais e intestinais, cólicas intestinais em recém-nascidos, dor de dente causada por cárie.

Formulário de Fitoterápico da Farmacopeia Brasileira - 1a edição
Anis-estrelado tem uso científico comprovado como expectorante e antiflatulento.

Nome em outros idiomas

  • Inglês: star anise, star aniseed, Chinese star anise, Indian anise, badian anise
  • Francês: anis étoilé, anis de la Chine, badiane 
  • Alemão: sternanis, badian
  • Italiano: anice stellato

Origem
Sul da China e Vietnam. A planta não é conhecida no estado selvagem.

Descrição [1,2]
Illicium verum [7], anis-estrelado é árvore da família Schisandraceae. Não deve ser confundida com anis-verde (Pimpinella anisum) da família da salsa (Apiaceae), embora ambas as espécies contenham anetol, óleo essencial utilizado na aromatização de bebidas e produtos de confeitaria.

O nome genérico Illicium deriva do Latim significando "sedução", refere-se a fragrância atraente deste grupo de pequenas árvores e arbustos.

O fruto é uma vagem, são colhidos antes da maturação e posteriormente secos. A vagem tem a forma de uma estrela irregular com oito pontas e mede até 3 centímetros de lado a lado. São duras e têm a cor de ferrugem. Os carpelos têm forma de canoa e abrigam uma semente frágil e lustrosa. Os carpelos são mais aromáticos do que as sementes. O óleo essencial reside no pericarpo, não na semente.

Uso popular e medicinal
O fruto é antibacteriano, carminativo, diurético e odontálgico (indicado para dor de dente, especialmente causada por cárie). Toma-se internamente no tratamento de dor abdominal, perturbações digestivas e queixas tais como lumbago. Muitas vezes é incluído em remédios para distúrbios digestivos e tosse, em parte devido ao agradável sabor de anis.

É um remédio eficaz para vários problemas digestivos, incluindo cólicas. Pode ser dado com segurança para crianças. Costuma-se mastigar a fruta em pequenas quantidades após as refeições a fim de promover a digestão e "adoçar a respiração". O fruto tem efeito antibacteriano semelhante à penicilina. Quando usado para mastigar, o fruto deve ser colhido verde. Os frutos maduros servem para extrair o óleo essencial e são secos para uso em decocção e pó. Um remédio homeopático é preparado a partir da semente [3]

Os frutos secos podem conter de 5 a 8% de óleo essencial dominado por anetol (85 a 90%). Os outros componentes methylchavicol, felandreno, linalol, safrol e terpineol têm pequeno efeito sobre o aroma. Traços de 1,4 cineol podem ser usados para distinguir o anis-estrelado do anis-verde que, como a maioria das outras especiarias, é livre deste composto [2].

 Dosagem indicada [4]

Expectorante e antiflatulento.
Componentes: frutos secos (3g); água q.s.p (150 mL). Preparar por infusão considerando a proporção indicada na fórmula. Uso interno: acima de 12 anos, tomar 
150 mL do infuso após 10 minutos do preparo, 3 a 4 vezes ao dia. 

 Advertência
Não utilizar em gestantes e no hiperestrogenismo. O uso pode ocasionar reações de hipersensibilidade cutânea, respiratória e gastrintestinal.

 Culinária [5]

Anis estrelado, erva doce, canela, cravo, pimenta do sichuan são especiarias que compõem uma mistura conhecida como Asian “Chinese 5 Spices”, usada em uma variedade de pratos de carne assada e refogada na cozinha chinesa. É o tempero principal do famoso Char Siu (carne de porco grelhada). Essa mistura é totalmente vegano, não contém sal, aditivos, conservantes, glutamato monossódico (msg), corantes artificiais e glúten. 

 Referências

  1. Royal Botanic Gardens (KEW): Illicium verum (star anise) - Acesso em 29/3/2015
  2. Gernot Katzer's Spice Pages: Star Anise (Illicium verum Hooker fil.) - Acesso em 29/3/2015
  3. Plants for a Future: Illicium verum - Hook.f.  - Acesso em 29/3/2015
  4. Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira, 1ª edição. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), 2011.
  5. Cuesta Sabores: Tempero Asian Chinese 5 Spices - Acesso em 29/3/2015
  6. Imagem: Wikimedia Commons (Author: Arria Belli) - Acesso em 29/3/2015
  7. The Plant List: Illicium verum - Acesso em 29/3/2015

GOOGLE IMAGES de Illicium verum - Acesso em 29/3/2015

Galeria: