Abecedária

Nome científico: 
Acmella repens (Walter) Rich. ex Pers.
Sinonímia científica: 
Acmella oppositifolia var. repens (Walter) R.K.Jansen
Família: 
Compositae
Propriedade terapêutica: 
Estimulante e aperiente.
Indicação terapêutica: 
Doenças da boca e garganta, litíase vesical, tuberculose, dor de dente.

Nome em outros idiomas

  • Inglês: oppositeleaf spotflower, creeping spot-flower

Origem
Nativa na América (Norte, Central, Sul), do sudeste dos EUA até o Paraguai. No Brasil ocorre da Amazônia ao Rio de Janeiro. 

Descrição [4]
Planta rasteira atinge 0,3 m, perene, requer sol, cresce em locais degradadas e úmidos. A floração ocorre no inverno. Propaga-se por rizomas.  

Uso popular e medicinal [1]
Indicada para doenças da boca e garganta, litíase vesical (cálculos na bexiga) e tuberculose pulmonar. Folhas e flores quando mastigadas têm efeito nas membranas mucosas da boca, servem contra dor de dente. Outras propriedades: estimulante e aperiente. No Pará a erva é condimento obrigatório em alguns pratos regionais.

Outros usos [2,3]
Aquaristas norteamericanos descobriram que A. repens pode ser cultivada submersa, por isso nos EUA ela foi bem conhecida como planta de aquário. Atualmente não é mais usada em aquário. Há mais informações sobre essa planta como flor silvestre do que como planta de aquário. Ela pode ser cultivada submersa e depois gerar flores amarelas, parecidas com a margarida, fora da água.

 Referências

  1. MORS, W.B et. alli. Medicinal Plants of Brazil. Reference Publications, Inc.,  Algonac, Michigan. 2000.
  2. Flow Grow: Acmella repens - Acesso em 24 de janeiro de 2016
  3. Aqua Eden: Acmella repens - Acesso em 24 de janeiro de 2016
  4. Pro Nativas Costa Rica: Acmella repens - Acesso em 24 de janeiro de 2016
  5. Imagem: Mark A. Garland, hosted by the USDA-NRCS PLANTS Database - Acesso em 24 de janeiro de 2016
  6. The Plant List: Acmella repens - Acesso em 24 de janeiro de 2016

GOOGLE IMAGES de Acmella repens - Acesso em 24 de janeiro de 2016

Galeria: