Abacaxizeiro

Nome científico: 
Ananas comosus (L.) Merr.
Sinonímia científica: 
Ananas sativus Schult. & Schult.f.
Família: 
Bromeliaceae
Partes usadas: 
Fruto
Princípio ativo: 
Rico em bromelina
Propriedade terapêutica: 
Refrescante, diurético, expectorante, antiinflamatória, digestiva.
Indicação terapêutica: 
Ajuda na digestão, no emagrecimento, a dissolver coágulos sanguíneos, a reduzir inflamações, a acelerar a cicatrização de tecidos. Previne a osteoporose e as fraturas ósseas. Contra artrite, ácido úrico.

Nome em outros idiomas

  • Inglês: pineapple
  • Francês: ananas, pain de sucre.
  • Espanhol: piña

Origem
Brasil.

Chamada pelos índios de nana (fruta excelente); a = fruta, nanas = excelente, ou seja, fruta saborosa. Devido a sua coroa, é considerado o rei das frutas. 

Existem hoje cerca de 150 espécies diferentes de abacaxi. Os espanhóis que estiveram no Brasil na época do descobrimento experimentaram o fruto, gostaram do sabor adocicado, colheram o broto e levaram para a Espanha e Filipinas onde a batizaram com o nome de piña.

O Havaí produz mais de 5 toneladas de abacaxi por ano, além da Austrália, Inglaterra, México, Cuba, Flórida e Índias ocidentais, onde também se cultiva a fruta.

A espécie encontrada em nosso país é o Ananas comosus, também conhecida como Ananas sativus. Destacam-se dela as variedades smooth cayenne (havaiana) e pérola (brasileira).

Em menor escala temos as variedades boituva, jupi, rondon, salvaterra e lagoa santa. O plantio é feito por mudas, que vêm da parte inferior – filhotes, rebentos ou estolões da planta matriz. São necessários 4 a 5 meses para que o fruto se desenvolva.

Uso popular e medicinal

O abacaxi contém muitos minerais como o cobre, que pode acabar com as dores, principalmente de cabeça. O Dr. James G. Penland, PhD. psicólogo do Departamento Norte Americano de Agricultura, após vários estudos com homens e mulheres com dores de cabeça, constatou uma melhora sensível com a aplicação do cobre na alimentação de seus pacientes.

O abacaxi ajuda a dissolver coágulos sanguíneos, a reduzir inflamações, a acelerar a cicatrização de tecidos e na digestão. Além disso é antiviral, antibacteriano e um bom alimento para prevenir a osteoporose e as fraturas ósseas devido ao seu alto teor de manganês.

Contém ferro, que se encontra no fígado, ossos e medula óssea. Contém manganês que mantém os ossos fortes. A professora de Nutrição da Universidade do Texas, em Austim nos Estados Unidos, Jeanne F. Graves, aconselha as pessoas, sobretudo as mulheres, a comer abacaxi ou a tomar do seu suco, pois a fruta é rica em manganês. Este mineral está envolvido no metabolismo ósseo, sem ele as pessoas podem desenvolver osteoporose intensa.

Contém cálcio, vital para a formação dos ossos e dentes, o mineral mais conhecido na prevenção da osteoporose e a coagulação do sangue. Segundo o Dr. Cedric Garlanda, diretor do Centro de Câncer da Universidade da Califórnia em San Diego, homens que consumiram diariamente certa quantidade de cálcio nos alimentos diariamente durante mais de duas décadas tinham 1/3 da propensão ao desenvolvimento de câncer de cólon em relação aos outros que não o consumiram, pois o cálcio suprime a proliferação de células superficiais da parede interna do cólon, prevenindo o rápido crescimento do câncer.

Contém fósforo, que se encontra no corpo dos animais na mesma quantidade aproximadamente que o cálcio, é parte importante dos tecidos cerebrais.

Contém iodo, necessário ao organismo para abastecer a glândula tireóide.

Seu alto teor de fibras ajuda na prisão de ventre pois age como laxativo suave e natural. Possui também as vitaminas A e C, que aumentam a imunidade.

A vitamina A é essencial contra doenças de pele, infecções infantis e distúrbios digestivos. É ótima aliada no tratamento de colite e doença de Crohn. Um estudo de Harvard mostra que homens que consomem altas doses de vitamina A têm risco 54% menor de ter úlcera do que aqueles com nível mais baixo. A recomendação diária é de cinco mil UI. Impede que o colesterol se torne tóxico, além de ser um importante antídoto contra derrame.

A vitamina C é importante para o corpo celular e para os vasos sanguíneos, combate as infecções e é essencial para a boa saúde dos dentes, das gengivas e dos ossos.

A maior virtude dessa fruta está na quantidade de bromelina extraída do talo do abacaxi, enzima capaz de degradar materiais albuminóides (proteínas solúveis em água) em proteases ou peptonas, dissolver gorduras, principalmente as das carnes, sendo empregada também para amaciá-las, para clarificar cerveja e como droga anti-inflamatória.

A bromelina é encontrada no fruto, no miolo do abacaxi, onde a substância se concentra em maior quantidade, ou mesmo na parte central da fatia (parte dura), que muita gente retira na hora de saborear a fruta. A enzima bromelina age em nosso organismo desempenhando três funções:

  1. Tem ação mucolítica, dissolvendo o muco ou catarro dos pulmões, favorecendo uma limpeza geral como se fosse passada uma esponja, facilitando a expectoração, além de ajudar no trânsito intestinal;
  2. É anti-inflamatória, ajudando a desobstruir a circulação principalmente se houver edema provocado por batida em algum acidente;
  3. É digestiva, sua principal virtude. Age no estômago pois a bromelina é a enzima que desdobra as proteínas alimentares, facilitando o melhor aproveitamento dos nutrientes, favorecendo e acelerando a digestão pesada.

Indicação como diurético e tosse

O suco de abacaxi é um excelente diurético pois sua polpa é constituída de 93% de água e é laxante suave. E para quem sofre de tosses rebeldes, experimente bater num liquidificador 2 fatias de abacaxi com 2 colheres de sopa de mel. Tomar 2 colheres de chá a cada duas horas. Não há tosse que resista.

Outras indicações: doenças circulatórias, artrite, ácido úrico.

Não são apenas esses os efeitos benéficos desta fruta. Nos EUA o nosso abacaxi (hoje “naturalizado” americano) é indicado pelos médicos para as pessoas que sofrem de doenças circulatórias, pois tem a ação de “quebrar” nas artérias as placas de fibrinas, que são as proteínas que formam a parte essencial dos coágulos sanguíneos.

Como tem propriedades anti-inflamatórias, combate a artrite, que se caracteriza por inflamação ou dor nas juntas, joelhos, cotovelos e dedos.

O que é ácido úrico?
É a destruição de células sadias por ingestão de bebidas e alimentos, já citados. Para que novas células se estabeleçam no organismo, os núcleos de cada uma dessas células deverão eliminar substâncias que devem ser descartadas pelo corpo, essa eliminação deve ocorrer pela urina.

Esta doença tem cura?
Se diagnosticada por meio de exames de sangue, no seu início, sim! O tratamento é feito com remédios que provocam a eliminação pela urina e por aparelhos para ajudar a reduzir a dor. Deve-se evitar alimentos com muita proteína como peles e fígados de animais, carnes vermelhas, como também bebidas tais como vinho tinto e cerveja, que certamente irão provocar o aumento de ácido úrico, aceitável pelos padrões de medicina.

Para quem tem problemas de gota/ácido-úrico, ingerir 3 fatias de abacaxi de manhã, 3 à tarde e 3 à noite, durante 30 dias.

Abacaxi em dietas de emagrecimento
Tem ação anorexígena, usado em dietas de emagrecimento, reduz o apetite. Para quem quer perder peso, o abacaxi tem uma ação fora de série. Se você quiser perder 1 kg num dia, faça o seguinte: numa segunda- feira, por exemplo, durante o dia todo, só use fatias de abacaxi como alimento e sucos com água, sem ingerir outros alimentos. No final da noite, pese-se e observe que perdeu 2 kg (depois recupera-se 1 kg). Repita a dose na outra semana.

Até o fim do mês, você perderá com certeza 4 kg. Que tal?

Comece ingerindo esta saborosa, gostosíssima e emagrecedora fruta tropical, que só podia ter tido origem em nosso país abençoado por Deus. O valor calórico em 100 g de abacaxi é de aproximadamente 33 calorias.

Faça um suco excelente com fatia de abacaxi e folhas de hortelã. Bata no liquidificador com gelo. Ninguém resiste!


 
Curiosidade
Quem enfrenta problemas de ordem financeira, profissional ou sentimental, diz: “Tenho na minha frente um abacaxi”. Se todos os problemas fossem um abacaxi, seriam fáceis de resolver! Talvez a razão de compará-los a essa fruta tropical se deva ao trabalho de descascá-la sem faca.

Culinária
Para quem não tem problema de sobrepeso, aproveite essa receita de cocada de abacaxi cremosafácil de fazer, tempo de preparo até 30 minutos, rendimento de 16 porções.

Categoria: doce caseiro 
Calorias: 192 por porção

Ingredientes

2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de água
4 xícaras (chá) de abacaxi cortado em cubinhos
2 gemas
1 lata de leite condensado
300g de coco ralado

Modo de Preparo
Ferva o açúcar e a água por dois minutos, ponha o abacaxi e ferva por mais três minutos. Junte as gemas, o leite condensado e o coco ralado. No fogo baixo, e sem parar de mexer, cozinhe até que se desgrude do fundo da panela. Deixe esfriar e sirva em taças.

Foto: Mauro Holanda

 

 Colaboração

  • Lelington Lobo Franco, escritor, químico, fitologista (Curitiba, PR).

 Referências

  1. FRANCO, L. L. As incríveis 50 frutas com poderes medicinais. Saraiva.
  2. Plant Resources of Tropical Africa: Ananas comosus (L.) Merr. - Acesso em 4/1/2015
  3. The Plant List - Acesso em 4/1/2015

GOOGLE IMAGES de Ananas comosus - Acesso em 4/1/2015